13 de dezembro de 2014

TRÊS DOCUMENTOS EM LEILÃO

UM MENU, UMA PLANTA DO NAVIO E UM POSTAL 

Um menu de primeira classe do dia 12 de Abril de 1912, um plano de convés e um cartão foram encontrados no bolso de um casaco antigo de Eugénie Elise Lurette, uma empregada pessoal no Titanic que o vestia quando embarcava no salva-vidas 6.
Eugénie embarcou no Titanic em Cherbourg e viajava com os seus patrões William e Marie Spencer.
Um membro da tripulação acordou-a depois que o navio bateu no iceberg. Elise pegou no plano do convés do Titanic, dado apenas a funcionários e passageiros de primeira classe, tal acto ajudou-a a chegar aos botes salva-vidas quando o navio atingiu o iceberg e salvou-se.
O menu mostra que os passageiros ricos se banqueteavam com costeletas de carneiro, carne assada, torta Melton Mowbray, cordeiro e molho de hortelã, língua de boi, pudim de tapioca e tarte de ameixas para o lanche de sexta-feira. Tostas e ovos cozidos foram riscados do menu para esse dia.
Lurette enviou também um cartão postal que tinha uma foto do Titanic de um lado, para o seu sobrinho a partir do navio quando este chegou a Queenstown. Apesar de ser o símbolo da supremacia e opulência para os seus construtores, Elise escreveu que os níveis de luxo e conforto no Titanic eram ainda "desconhecidos para ela até agora." Os três documentos foram a leilão em Outubro no mesmo dia da carta de Joseph Bell.
O plano do navio e o menu arrecadaram £ 60000 e £ 23000 respectivamente, e o cartão postal foi vendido por £ 62000.

Fonte: A nossa parceria mais antiga  -> Titanic Fans

Sem comentários:

Enviar um comentário