21 de novembro de 2013

Morte do Maior e Lindo navio Hospitalar -> Britannic


Britannic partiu de Southampton num domingo, dia 12 de novembro de 1916. Ele não levava nenhum "passageiro". 
No dia 17 de novembro de 1916, chegou a Nápoles, para abastecer e partir no sábado, mas uma tempestade feroz atrasou sua partida.
Terça-feira, 21 de novembro de 1916. O Britannic estava navegando pelo Canal de Kea no mar Egeu, em plena Primeira Guerra Mundial. Perto das 7h da manhã, uma tremenda explosão golpeou o Britannic, pouco tempo depois outra tremenda explosão causada por um torpeto se ouviu (foi atinguido a meio) adernou e começou afundar muito depressa pela proa. O Capitão Bartlett experimentou encalhar o Britannic na Ilha de Kea, mas não teve sucesso. 

Em 55 minutos, o maior transatlântico da Inglaterra, com apenas 351 dias de vida, afundou. 
A explosão ocorreu aparentemente entre a 2ª e a 3ª antepara a prova de água e a antepara 2 e 1 também foram danificadas. Ao mesmo tempo, começou a fazer água na sala de caldeiras 5 e 6.
 Este era asperamente o mesmo dano que levou seu irmão, o Titanic, a afundar.


Infelizmente 30 pessoas morreram na ocasião. 

A maioria destas mortes ocorreu quando os hélices emergiram das águas e sugou alguns barcos salva-vidas,também essas pessoas não remaram para se afastar do navio. 

Os motores ainda estavam em funcionamento, pois na correria de tentar encalhar o navio, esqueceram de parar os motores.

O Britannic está tombado de lado a apenas 350 pés (107m) de profundidade. Tão raso que a proa bateu no fundo antes dele afundar totalmente, e devido ao imenso peso do navio a proa se retorceu toda.

Ele foi descoberto em 1976 em uma Exploração dirigida pelo oceanógrafo Jacques Cousteau.

É fácil distinguir o Britannic de seus irmãos, devido aos gigantescos turcos de barco salva-vidas, e também porque a maioria das fotografias suas mostram ele todo pintado de brancocom uma faixa verde pintada no casco de proa a popa, separada apenas por 3 grandes cruzes vermelhas de cada lado, designando-o como um navio hospital.
 O HMHS Britannic nunca chegou a receber um centavo para transportar um passageiro.

O Britannic é hoje o maior transatlântico naufragado.

Mortos no naufrágio do HMHS Britannic: 
  1. Arthur Binks 
  2. Arthur Dennis 
  3.  Charles C. S. Garland 
  4.  Charles J. D. Phillips 
  5.  Frank Joseph Earley 
  6.  G. Philps 
  7.  George De Lara Honeycott 
  8.  George James Bostock
  9.  George Sherrin 
  10.  George William Godwin 
  11. George William King 
  12.  Henry Freebury 
  13. Henry James Toogood 
  14. James Patrick Rice 
  15. John Cropper 
  16.  John George McFeat 
  17. Joseph Brown 
  18.  Leonard George  
  19. Leonard Smith 
  20.  Percival W. E. White 
  21.  Pownall Gillespie 
  22. Robert Charles Babey 
  23.  Thomas A. Crawford 
  24.  Thomas Francis Tully 
  25.  Thomas Jones 
  26. Thomas Taylor McDonald  
  27. Walter Jenkins
  28.  William Sharpe 
  29.  William Smith 
  30. William Stone
Em memória dos 97 anos do BRITANNIC


Sem comentários:

Enviar um comentário